Marque já a sua consulta (21) 3268-3492 (21) 99056-8583 Marque sua consulta

Reabertura de bares e restaurantes: o que observar para frequentá-los?


reabertura de bares e restaurantes
Em todo o país, esses estabelecimentos estão com diversas restrições para a abertura. Saiba quais são as medidas protetivas nas quais você deve ficar de olho.
A reabertura gradual do comércio está acontecendo em diversas partes do Brasil. Muitos restaurantes, bares, lanchonetes e cafés já estão autorizados a funcionar, porém com uma série de restrições. Observar a forma como os clientes são recepcionados nesses locais já dá uma ideia se o ambiente está adaptado aos novos protocolos de segurança para a prevenção da disseminação do novo coronavírus.

Os governos locais divulgaram algumas diretrizes obrigatórias para esses estabelecimentos voltarem a funcionar: restrições de horário, 50% da capacidade de lotação e distância de dois metros entre as mesas, o que dá maior tranquilidade para os clientes realizarem novamente refeições fora de casa.

Confira as medidas preventivas e as boas práticas que devem ser observadas na reabertura de restaurantes e bares

“Uma das principais maneiras de garantir mais segurança para funcionários e clientes na hora de reabrir bares e restaurantes é a verificação prévia do estado de saúde dos frequentadores do local, evitando que pessoas com sintomas iniciais da Covid-19 permaneçam no ambiente e se tornem um risco para os demais clientes e atendentes presentes”, afirma a nutricionista e diretora executiva da Nutri Control, Karla Rodrigues, especialista em segurança alimentar.
Para isso, devemos considerar se na entrada do estabelecimento há, inicialmente, os seguintes procedimentos:
  • Verificação da temperatura corporal dos clientes – realizada por meio de um termômetro infravermelho, a temperatura é obtida de forma quase instantânea e sem contato físico;
  • “Pit stop” com totem de higienização das mãos – o restaurante ou bar define um local na entrada para que a higienização das mãos seja realizada; pode ser com o uso de álcool gel 70% para facilitar a operação como alternativa à tradicional lavagem das mãos com sabonete e água.

Durante o atendimento é importante observar:

  • Se os atendentes estão usando máscara durante todo o atendimento e se solicitam que os clientes a utilizem durante sua movimentação no restaurante;
  • Se as mesas estão com distanciamento de dois metros entre elas;
  • Se as mesas são higienizadas com álcool 70% na frente do cliente e estão livres de louça, toalha ou algum tipo de jogo americano para apoio de pratos. Itens como esses deverão ser oferecidos ao cliente somente após a higiene da mesa;
  • Se os cardápios físicos foram substituídos por plataformas na web ou QR Code para acesso direto no smartphone do cliente;
  • Se os atendentes realizam a higiene frequente das mãos e, preferencialmente, usam luvas descartáveis no momento de servir as refeições;
  • Se a máquina de cartão foi higienizada antes de você usá-la para pagar a conta.

Ficou interessado no assunto e quer saber mais? Acesse: www.nutricontrol.com.br/blog.