Marque já a sua consulta (21) 3268-3492 (21) 99056-8583 Marque sua consulta

Consulta com cardiologista: descubra quando recorrer a esse especialista


Cardiologista verificando a pressao arterial de um idoso
Cuidar da saúde do coração está no topo da lista para muitas pessoas quando o assunto é qualidade de vida e bem-estar. Mas você sabe quando deve buscar um cardiologista e fazer um check-up cardiológico? Vamos mostrar para você os sinais que indicam que está na hora de agendar uma consulta.

Quando buscar uma consulta com o cardiologista?

A consulta com o cardiologista deve acontecer, periodicamente, a partir dos 45 anos, para homens, e, as mulheres, a partir da menopausa. Para quem possui fatores de risco como obesidade, tabagismo, hipertensão, diabetes, sedentarismo, por exemplo, ou apresenta histórico de doenças cardíacas na família, é necessário um acompanhamento anual a partir dos 20 anos.

Entretanto, você deve buscar uma consulta com um cardiologista tão logo note sintomas incomuns que podem indicar alguma doença cardíaca. Os sinais de alerta são:
  • Dor no peito;
  • Falta de ar ao fazer esforço ou exercícios;
  • Fadiga;
  • Batimentos cardíacos acelerados ou descompassados;
  • Perda de consciência ou desmaios frequentes;
  • Inchaço nos pés e nas pernas;
  • Frio constante nas extremidades e pele azulada nessa região.
Dependendo da intensidade dos sintomas, é indicado que se recorra diretamente a uma emergência hospitalar. Em outros casos, a consulta com cardiologista em ambulatório é suficiente para o diagnóstico e o tratamento desses pacientes.

Uma vez identificada a doença cardíaca, é necessário seguir à risca as recomendações do médico e manter as consultas periódicas anualmente, com um check-up cardiológico.

Check-up cardiológico: o que é?

O check-up cardiológico é uma avaliação feita pelo cardiologista que utiliza exames clínicos e físicos e o histórico de saúde do paciente para analisar sua condição cardiovascular. Com ele, o médico consegue investigar os hábitos de vida, os fatores de risco e o histórico de saúde familiar, bem como apontar os primeiros sinais de algum problema no coração.
O principal objetivo do check-up é prevenir doenças cardíacas, diagnosticar precocemente alguma patologia e, assim, conduzir o melhor tratamento ou, simplesmente, o acompanhamento do paciente.
Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, 80% dos casos de ataque cardíaco e infarto poderiam ser evitados se a população cuidasse de perto da saúde.
Para uma avaliação mais eficiente do coração, o cardiologista utiliza exames laboratoriais e de imagem para complementar a anamnese feita em consultório.

Exames que compõem o check-up cardiológico

Durante a consulta anual com o cardiologista, é bem provável que ele peça alguns exames fundamentais para avaliação cardíaca. Entre eles estão:
  • Dosagem dos níveis de colesterol, triglicerídeos e glicemia - indicadores obtidos com um exame de sangue e que estão relacionados com problemas no coração;
  • Eletrocardiograma - observa o ritmo e os batimentos cardíacos. Pode ser feito em consultório;
  • Exame de raios X de tórax - avalia o tamanho do coração e o contorno da aorta;
  • Ecocardiograma - é usado para avaliar o funcionamento geral do coração e pode detectar insuficiência cardíaca, sopro no coração e tumores, por exemplo;
  • Ultrassom com doppler de carótidas e vertebrais - indicado para pacientes acima de 45 anos, verifica se as paredes das artérias estão comprometidas com acúmulo de gordura ou más-formações;
  • Teste de esforço - observa mudanças na pressão arterial ou no ritmo cardíaco enquanto o paciente faz esforço físico.